quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Haynna e os Verdes lançam primeiro disco falando sobre emoções humanas

16:47

Emoções humanas são a fonte de inspiração principal do primeiro disco da banda brasiliense com um pé no Piauí, Haynna e Os Verdes. O álbum passa por sentimentos particulares, conflitos pessoais, amores empoderados e às vezes resilientes. Nascido em 2013, o grupo apresenta o álbum pela primeira vez no dia 23 de novembro, a partir das 20h, no Sallon Red Rock, casa em Samambaia Norte (QI 16, Conj. 2, Lote 1). A entrada é gratuita. No mesmo dia, também se apresentam os artistas Dillo, mostrando seu recente lançamento, o disco Guitarráfrika e a rapper Lídia Dallet.  O show de lançamento integra o projeto Blues, and rock, on jazz, idealizado pela Haynna e Os Verdes e busca valorizar a música autoral do Distrito Federal.

O primeiro disco homônimo do Haynna e os Verdes apresenta canções como “No Canto”, que flerta com o blues, “Retrato Falado”, que tem um pé no brega, suga um pouco do suco da psicodelia do grupo Led Zepellin em “Mistério” e músicas que dão uma boa ideia do que é a mistura de ritmos que a banda escolheu para ser sua marca.

“Nossas influências são inúmeras e diversificadas. Passam também pela Jovem Guarda, o blues brasileiro de Cazuza, Tim Maia, Sandra de Sá, Elza Soares, Elis Regina, Rita Lee, Cássia Eller, Erasmo Carlos, Johnny Hooker, O Terno, Letrux, Ava Rocha. Muita brasilidade, mas também Sister Rosetta Tharpe, Rolling Stones, Jimmy Hendrix, Robert Johnson. Diversidade de pessoas, gêneros, naturalidades, fazendo um som, com uma gama de influências”, comenta a vocalista, Haynna.

O trabalho passeia pelas emoções humanas, mas trata também de resistência, catarse e superação explorando sempre um olhar feminino.  Em “Mistério”, por exemplo, a artista canta sobre uma união de duas pessoas em que o feminismo e a igualdade de papeis gritam juntos: “Faça a sua parte/ Eu já tenho a minha parte/ Sou completa e venho para somar”. Já na letra de “Você” grita a plenos pulmões o sentimento que impregna: “Por mais que eu corra, que eu morra, que eu tente mentir/ O seu amor ficou colado em mim”.

“As músicas contam histórias. Tratam dessas relações. Algumas que não deram certo, tem um romantismo brega brasileiro, com tom melancólico nas canções, mas também tratam com lucidez dessa capacidade que temos de algumas vezes sofrer por amor, pela existência e transcender, como por exemplo em ‘Pão de Lú/Insônia’. Essa abordagem busca o alinhamento com as canções sentimentais populares, que tratam das desilusões amorosas, confissões e tormentas mesmo e dessa capacidade de sucumbir e de se reerguer”, explica Haynna.

Nas parcerias há também diversidade, mas antes é preciso explicar que Haynna é uma piauiense radicada em Brasília, que deixou seu estado anos atrás para se mudar para a capital federal por convite de seu ex-companheiro, o compositor Carlão Rocha. Por mais que não estejam juntos, os dois cultivam uma boa relação, a ponto de terem parcerias neste álbum, como é o caso de “Retrato Falado”, primeiro single lançado pela banda.

A cantora e compositora piauiense recebeu recentemente o Prêmio Equidade de Gêneros, da Secretaria de Cultura do Distrito Federal (Secult/DF), por ter prestado relevante contribuição ao desenvolvimento artístico e cultural do DF. Além da consagração, o valor do prêmio possibilitou a gravação do disco.

Haynna e Os Verdes também tem parcerias com cantor e compositor de Parnaíba (PI), Teófilo Lima, grande ícone em seu estado de origem, responsável por "No Canto" e "Beijos e Cacos"; o compositor brasiliense Lucas Soledade é responsável por "Pão de Lú/Insônia" e as outras canções são de autoria de Haynna e o companheiro de banda Betinho Matuszewski.

O trabalho foi produzido por Alan Pinho (Refinaria Estúdios) e co-produzido por Haynna e Betinho Matuszewski.

Haynna e o Verdes é formada por Haynna Jacyara Mendes (vocal), Daniela Vieira (teclado), Betinho Matuszewski (guitarra), Rian Sodré (baixista) e Jhonata Morais (baterista). Um formato enxuto de uma boa banda de rock.



Mais sobre Haynna e os Verdes

Formada em 2013 após o encontro de Haynna Jacyra e Betinho Matuszewski, o grupo Haynna e os Verdes é uma mistura de rock, blues, brega e brasilidades. O grupo de Samambaia vem tocando pelas noites do Distrito Federal e mostra seu primeiro disco em 2018. Das canções já conhecidas pelo público estão as músicas “Love Song” e “Retrato Falado”. Esses dois singles foram selecionados entre as 50 músicas do consagrado Festival da Nacional FM. Em 2017, o grupo gravou um registro audiovisual “Haynna e os Verdes – Ao Vivo no Teatro da Praça”, previsto para sair em breve. O show inédito teve produção musical de Haynna e Betinho.

Serviço:
Lançamento do disco Haynna e os Verdes. Abertura Dillo e Lídia Dallet
Data: 23/11/2018
Horário: 20h
Local: Sallon Red Rock (QI 16, Conj. 2, Lote 1 – Samambaia Norte)
Entrada gratuita
Não recomendado para menores de 18 anos.

*Este projeto é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do DF.

Fonte: Banda

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Menor Teatro da Cidade estreia no próximo dia 22/11

19:07

La Rubia Café será palco de apresentações em que o público assiste a tudo em pé, próximo ao artista. Estreia será com stand-up da atriz e produtora Simonia Queiroz

No próximo dia 22 de novembro (quinta-feira), às 21h, o La Rubia Café lança o projeto Menor Teatro da Cidade. Neste formato, as apresentações serão feitas para um pequeno público, que não contará com cadeiras para sentar. Assim como o artista, os espectadores ficarão em pé, em um espetáculo informal, ousado e sem barreiras entre quem produz e quem consome a arte.

A estreante será a atriz e produtora de conteúdo audiovisual Simonia Queiroz, que fará um show de stand-up sobre atualidades, assuntos polêmicos e o dia a dia da mulher, sob a perspectiva de um humor ácido.

“O espetáculo não é exatamente feminista, mas traz questões da mulher, de seu lugar na sociedade. Tudo de forma irreverente e desbocada, com experiências reais. É um show para divertir, fazer rir, mas também para jogar um olhar sobre isso e desconstruir ideias machistas”, explica Simonia, que não deixará de cutucar o cenário político brasileiro.

A apresentação será no piso superior da casa. O ingresso custa R$ 15,00 e já está disponível para compra apenas no bar. Também é possível ligar no telefone (61) 3202-1717 e reservar. A lotação do espaço é de 20 pessoas.


A artista

Nascida em Ceilândia, Simonia Queiroz é atriz e produtora de conteúdo audiovisual original. Morou por 10 anos em São Paulo, onde fez faculdade de artes cênicas no Instituto de Arte e Ciência (Indac). Assinou a produção de dois longas-metragens e diversos curtas, além de séries de TV. Atuou em cinco peças de teatro e sete longas nacionais, dois deles como protagonista. Em uma passagem de seis meses pela Itália, trabalhou como modelo e fez cursos audiovisuais.

Apesar de sua imersão no gênero drama, Simonia nunca escondeu o apreço por comédia e comédia romântica. Há dois anos, tornou-se mãe, o que aumentou seu repertório de experiências femininas em uma sociedade machista. A partir daí, decidiu que era hora de se aventurar pelo universo stand-up, ainda pouco explorado por mulheres. “Não faço um humor fofinho, mas um autodeboche e também uma crítica engraçada e um pouco agressiva ao que está aí, sem papas na língua”, afirma.

Estreia do Menor Teatro da Cidade - La Rubia Café 
Data: 22/11 (quinta-feira), às 21h.
Stand-up comedy com a atriz e produtora audiovisual Simonia Queiroz sobre atualidades, polêmicas e o dia a dia de uma mulher.
Ingressos: R$ 15,00. Vendas somente no bar ou pelo telefone (61) 3202-1717.
Lotação: 20 pessoas. Classificação indicativa: livre.
SCLN 404, Bloco B, Loja 44 - Asa Norte – Brasília/DF.

Fonte: Assessoria Naiobe Quelem
Fotos: Bruno Lima e Jim Figueiredo

SYMPTOMEN: confira agora o novo single “Mud Of Death”

18:57

A banda SYMPTOMEN lançou no último dia 16 de outubro o seu novo single, para a música “Mud Of Death”, primeiro extraído do seu vindouro novo álbum “Welcome To Brazil”, e que conta com uma versão áudio visual, no formato lyric vídeo, no canal oficial do grupo no YouTube.

“Welcome To Brazil” será lançado no país através da MS Metal Records, com distribuição física conduzida pela Voice Music e digital pela CD-Baby, para mais de cem plataformas online.

Para mais informações sobre as atividades da banda SYMPTOMEN e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

 

Fonte:
Eduardo Macedo
MsmetalPress

Scars libera novo clipe para “Return to the Killing Ground”

18:51
A banda Scars lançou um novo clipe para a faixa “Return to the Killing Ground”, presente no disco The Nether Hell (2005). O vídeo retrata o retorno da banda e a nova formação, além de homenagear os fãs que participaram da campanha volta Scars (#voltascars).

“A campanha foi um fator determinante para que tomássemos a decisão de retornar a banda às suas atividades” disse o vocalista Régis F.

O vídeo conta com a participação de quase 50 pessoas, que enviaram suas filmagens para a banda em apoio ao retorno de suas atividades, com frases curtas e objetivas. Entre os participantes estão músicos do cenário nacional, profissionais da mídia especializada e fãs.



Em meio as comemorações pelo seu retorno as atividades, a banda entra em estúdio no dia 2 de novembro para as gravações do novo material, sob supervisão do renomado produtor Wagner ,Meirinho, no estúdio Loud Factory, na zona sul de São Paulo.

O primeiro single para a faixa “Armageddon” tem previsão de lançamento para a metade do mês de dezembro, enquanto o segundo, “Silent Force”, virá no começo de fevereiro de 2019.

Os fãs da banda podem esperar aquilo que o Scars tem de melhor e que sempre apresentou ao longo de sua carreira: riffs poderosos, marcantes e técnicos, os vocais ferozes. 

Durante todo o mês de novembro, a banda disponibilizará em sua página no Facebook,  pequenos vídeos de dentro do estúdio mostrando todos os processos de gravação do material inédito.

Então curtam e acompanhem a página da banda (@scars.thrash),  para mais novidades, afinal sem os fãs esse retorno não teria ocorrido.

Mais Informações:

Youtube: www.youtube.com/channel/UCVxq9GLRKzsP5CnZ8GcEisw
Instagram: www.instagram.com/scars.thrash
Facebook: www.facebook.com/scars.thrash

Fonte:
www.blacklegionprod.com

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Evento reúne nova safra da música brasiliense no Espaço N.27

10:21

Uma só noite, três nomes da cena indie do Distrito Federal se encontram no palco. A programação de 05/10 (sexta-feira) será embalada pelo repertório autoral de BINΛRIØUS, Supervibe e Augusta, a partir das 20h. Os shows acontecem no Espaço N.27, com ingressos a R$15.


O duo BINΛRIØUS, formado por Andressa Munizo e Jan Silva, traz o lançamento de seu primeiro single, “Artificial”, já disponível nas plataformas de streaming, e que conta também com um lyric video. A sonoridade experimental traz referências do trip hop, eletrônica e outros estilos, buscando inovar a cena da capital. BINΛRIØUS tem seu EP de estreia previsto para 2019.


A soma da emoção carregada nas letras, junto com influências na música brasileira e internacional, resultaram no que a banda Augusta chama de MPB Expressiva. Lucas Maranhão (voz e guitarra), Taís Cardoso (voz e violão), Gabriel Peres (bateria) e Davi Figueiredo (baixo) apresentam seu disco de estreia, “Tudo Que Podia”.


Formada atualmente por João Ramalho e Sand Lêycia, a Supervibe apresenta um mix dos dois EPs “Clarão” (2016) e “Autóctone” (2017), calcados na neopsicodelia e no garage rock. O show pode ainda trazer novidades no repertório da banda.


Mostrando a força da cena independente local, a primeira edição do É Tudo Nosso já tem ingressos à venda online: https://www.sympla.com.br/e-tudo-nosso-1__361655


Serviço

É Tudo Nosso #1 com BINΛRIØUS, Augusta e Supervibe
Data: 05/10/2018 (sexta-feira)
Horário: 20h
Local: Espaço N.27
Endereço: Quadra SHCGN 713 Bloco C, 27 - Asa Norte - Brasília/DF
Ingressos: R$15

Compra antecipada: https://www.sympla.com.br/e-tudo-nosso-1__361655
Evento: https://www.facebook.com/events/201938733893345/

Classificação: 18 anos

Fonte: BuildUpMedia

FOLLOW @ rockdf.insta

Rock DF

No ar desde 2007! É rock, é música é cultura!

Edição

Espaço em edição

Edição

Espaço em edição