segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O Porão do Rock 2011

Olá Rockeirada, neste último fim de semana encerrou-se o Porão do Rock 2011. Foram mais de 40 bandas que tocaram durante os dois dias do festival, nos três palcos do evento. Este ano, mais de 55 mil rockeiros presenciaram todas as fases de seleção das bandas e, desses, 35 mil passaram pelo circuito montado no estacionamento e interior do Ginásio Nilson Nelson em Brasília.
Como de costume, o lado social do Porão 2011 também funcionou muito bem. Foram arrecadadas cerca de 24 toneladas de alimentos, os quais irão para as instituições carentes e programas sociais.


Contudo, em alguns momentos, os rockeiros tiveram que ter muita paciência. Logo na entrada do evento, uma fila gigantesca fazia círculos no estacionamento. Inclusive essa criatura, que vos escreve, passou aproximadamente 1 hora na fila até chegar à entrada, e há relatos de pessoas que passaram mais tempo que isso. Na tarde de sexta-feira, uma confusão atrás de ingressos rolou pelos recantos da internet. O site do Porão ficou congestionado e muita gente não conseguiu imprimir. Na hora, valeu cópias, rockeiros dividindo ingressos e gente fazendo upload do arquivo na web para que pudessem imprimir o mesmo em sites fora do Porão do Rock. É o rockeiro unido!

Mais de 1 hora na fila
O Rock DF, assim como outros veículos de imprensa, não recebeu credenciais para cobrir o evento. Ninguém da equipe de comunicação informou o porquê disso, mas sabemos que até uma equipe própria de fotógrafos o evento tinha, não permitindo que os veículos fizessem o seu próprio material. Mesmo tendo sido credenciados nas duas últimas edições do Festival, não recebemos nem o porquê do “não” em 2011. Contudo, estávamos lá e fizemos alguns registros para vocês, nossos rockeiros visitantes de sempre.
Outra coisa que incomodou muito foram os preços praticados dentro do evento. Se do lado de fora a coisa já estava cara, dentro então era um absurdo. Para tomar água o rockeiro tinha que desembolsar nada menos que R$3,00 e uma singela lata de cerveja não saía por menos de R$4,00. Muitos foram munidos com kits de emergência dentro das mochilas, com bebida e comida para não sofrer tal assalto.
Este ano, ainda tinha mais uma novidade, o público na parte da arena do Ginásio, onde estava o palco Antártica Subzero, teve limitação de público, coisa que nunca tínhamos visto. O estranho é que mesmo de cima das arquibancadas podia-se ver que cabiam muito mais pessoas. Existiam grandes vazios e só quem tinha uma pulseirinha podia entrar. Para muitos, isso foi uma das piores mancadas do festival.

A bagunça para tentar entrar no Palco Antártica Subzero
Limitada a quantidade de pessoas na arena, mas vejam só quanto espaço vazio.



Rockeiros se apertando para ver o Ratos de Porão
Tristezas à parte, tudo ocorreu dentro do estabelecido pela organização. Bandas de metal, indi, alternativo e muitos outros agitaram muito. O show da banda Ratos de Porão foi muito disputado e muita gente se apertou nas entradas das arquibancadas para tentar assistir e ouvir o som dos caras. Isso foi agravado devido à restrição de público na arena.
Logo após, subiram ao palco os integrantes da banda Angra. A última vez que o Angra esteve no DF foi no Porão do Rock de 2009. Muitos fãs estavam esperando o show e na hora, cantaram, pularam com as músicas mais famosas e outras do novo CD. Pode-se notar que havia alguma coisa errada com o som deste palco, alguns graves e outros tons saiam com uma qualidade muito ruim, mas isso não chegou a atrapalhar a diversão.

As bandas locais também fizeram bonito este ano. Bandas com Valdez, Raimundos, Selenita, Bruto e muitas outras mostraram o Rock do DF e toda a sua qualidade. Não podemos escrever mais que isso, porque este ano estivemos apenas como expectadores e nem vimos nossos outros colegas de imprensa. Mas este foi o resultado do Porão do Rock 2011, confusões, à parte, foi muito rock na veia.
Valdez mandando som de qualidade!

2 comentários:

Sara Leal disse...

Realmente foi divino no sabado !
Symfonia foi maravilhoso(pequei baqueta do Uli Kusch *_*), pena que por culpa da incompetencia dos organizadores do evento eu não possa ter visto Krisium.
Fora isso o evento foi maravilhoso. :)

Jian Zhuo disse...

tommy hilfiger
kate spade outlet
michael kors outlet store
toms outlet
gucci handbags
ed hardy
ghd straighteners
nike free run flyknit
mont blanc
cheap nhl jerseys
20170111

Rock DF

No ar desde 2007! É rock, é música é cultura!

Edição

Espaço em edição

Edição

Espaço em edição