sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Bar dos Fundos recebe Fernando César, irmão de Hamilton de Holanda

O palco do Bar dos Fundos, no ANCHO Bistrô de Fogo (306 Sul), receberá um trio de peso neste sábado (23/1). Fernando César (violão de 7 cordas), irmão do bandolinista e compositor Hamilton de Holanda, tocará com Ian Coury (bandolim) e William Ribeiro (cavaquinho), jovens talentos do meio musical em Brasília. Em uma animada tarde de música, drinques e gastronomia de qualidade, o trio apresentará o melhor do chorinho, das 14h às 17h.

Montado em um contêiner móvel, instalado no jardim do Bistrô, o Bar dos Fundos abre espaço para músicos da cidade, com shows aos sábados. Nesta edição, clássicos da música popular e instrumental brasileira, como Aquarela na Quixaba (Hamilton de Holanda), Brasileirinho (Waldir Azevedo) e Noites Cariocas (Jacob do Bandolim). O couvert artístico custa R$ 8,00.

Bar dos Fundos - Tendência em diversos países da Europa, Ásia e Estados Unidos, as construções em contêiner móvel vêm ganhando, a cada dia, novos adeptos no Brasil por se tratar de projeto sustentável, de custo reduzido e com tempo recorde de execução. No ANCHO, o Bar dos Fundos agrega sustentabilidade e ar descolado com drinques, menu versátil e, aos sábados, torna-se também um espaço para a cultura brasiliense.

Pintado em amarelo, com balcão recuado e banquetas industriais, o bar serve drinques exclusivos da casa. Integrado ao espaço estão mesas e bancos de madeira, estilo bar, onde o público pode sentar-se para assistir às apresentações e pedir qualquer item do cardápio do Ancho, que oferece  - além dos deliciosos preparos de cortes especiais na parrilla - opções de picadas, sanduíches, massas e pratos principais, individuais ou para compartilhar.

Os músicos
Fernando César - Fernando César Vasconcelos Mendes nasceu no Rio de Janeiro, mas veio para Brasília ainda na adolescência. Sua trajetória musical se confunde com a de seu irmão, Hamilton de Holanda, no Dois de Ouro, que fez sua primeira apresentação no Clube do Choro de Brasília. Com o grupo, gravou três CDs, além de participar de trabalhos de outros artistas. Tocou ao lado de ícones como Altamiro Carrilho, Raphael Rabello, Armandinho Macedo, Paulinho da Viola, Dino 7 Cordas, Marco Pereira e Hermeto Pascoal.

Após percorrer países como França, Áustria, Turquia e África do Sul com o Dois de Ouro, Fernando participou do grupo Choro Livre. Ao longo de sua formação, estudou na Escola de Música de Brasília, onde conheceu profundamente instrumentos como violino, violoncelo, oboé e flauta doce, e participou de corais. Desde 2002, o músico dá aulas de violão na Escola Brasileira de Choro Rafael Rabello. Além disso, atua como produtor e diretor musical. Atualmente, Fernando integra os grupos Choro & Companhia e AQuattro, com os quais já gravou e ganhou prêmios.

Ian Coury - Com apenas 13 anos de idade e uma rotina diária de horas dedicadas à música, o bandolinista Ian Coury é um dos expoentes do choro na capital federal. Sua iniciação na música ocorreu aos sete anos, quando começou a estudar cavaquinho. Um ano depois, Ian conheceu o bandolim e se apaixonou. Brasiliense, ele tem no choro seu gênero musical e referência nos bandolinistas Jacob do Bandolim, Hamilton de Holanda e Armandinho Macedo. Reconhecido pela Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura com Certificado de Mérito Artístico Cultural, Ian já participou de cursos nos Estados Unidos, a convite, e tocou ao lado de ícones como Hamilton de Holanda, Paquito de D’Rivera e Cláudio Roditi.

William Ribeiro - Nascido em Brasília, William Ribeiro da Silva é multi-instrumentista e professor de cavaquinho. Seu interesse pela música surgiu após ganhar um cavaquinho do pai, aos cinco anos de idade. Com 16, William formou seu primeiro grupo de samba e pagode com amigos. Os estudos iniciaram-se em 2003, na Escola Brasileira de Choro Rafael Rabello, onde ele se especializou em cavaquinho e, mais tarde, passou a fazer parte do corpo docente. Eclético, participou de grupos e bandas brasilienses de pop, rock, forró, sertanejo de raiz, samba e choro. A identificação com este último gênero lhe rendeu um convite para participar do grupo Raízes do Choro. William também atua como produtor musical, participando de projetos de artistas gospel. Entre os artistas com os quais o músico já tocou estão nomes como Léo Benon, Dudu 7 Cordas, Junior Viegas, Fernando César e Ian Coury.

Música brasileira no Bar dos Fundos - Ancho Bistrô de Fogo
306 Sul, Bloco C, Loja 28; (61) 3244-7125.
Neste sábado (23/1), das 14h às 17h, com os músicos Fernando César (violão de 7 cordas), Ian Coury (bandolim) e William Ribeiro (cavaquinho). Couvert: R$ 8,00. Classificação Indicativa: livre. 

Fonte: Assessoria Naiobe

Rock DF

No ar desde 2007! É rock, é música é cultura!

Edição

Espaço em edição

Edição

Espaço em edição